Wincomparator

Prognósticos e palpites Taça Sul-Americana

Prognósticos Copa Sul-americana dos nossos especialistas

Prognósticos copa sul-americana dos nossos especialistas

A Copa Sul-Americana é a segunda competição internacional mais importante de clubes da América do Sul, participando nela formações de dez países da CONMEBOL. Em 2021 será a 20ª edição da prova, na qual, tal como em 2019 e 2020, a final será disputada em um jogo único. Esta competição teve uma alteração de formato para esta nova temporada, tendo sido abolido o modelo exclusivo de eliminatórias, dado que este ano, depois de uma ronda de classificação, haverá uma fase de grupos, antes das oitavas, quartas e semifinais.

Ao todo serão 56 equipes que vão participar desta competição, sendo que 6 são Brasileiras, 6 são Argentinas, ao passo que os seguintes países terão 4 times os representando ao longo do torneio: Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela. O segundo título mais desejado na América do Sul, organizado pela CONMEBOL, tem sempre jogos bastante espetaculares e a briga é total, nomeadamente nos últimos turnos!

Em 2020 houve um vencedor inédito, o Defensa y Justicia, da Argentina, que no embate decisivo superou inquestionavelmente o Lanús por 3 a 0, garantindo para além do título, uma vaga direta para a Copa Libertadores 2021, tal como sucede sempre com o vencedor desta competição.  A Copa Sul-Americana já foi vencida 9 vezes por emblemas argentinos e em 4 ocasiões foram clubes brasileiros que levantaram o troféu, sendo os dois países com mais conquistas.

Prognósticos Andebol: 550€ ofertados à inscrição!

Prognóstico Copa Sul-Americana: as estatísticas a conhecer

Ao invés da Liga dos Campeões e da Liga Europa do velho continente, na Copa Sul-Americana os golos não abundam, registrando-se média de 2,12 golos por desafio e apenas 35% de duelos com mais de 2.5 golos em 2019 e média de 2,31 tentos por encontro e 44% de embates com 3 golos ou mais no ano passado. Ainda assim, a tendência é para haver cada vez uma maior quantidade de golos, dado que estes valores foram superiores aos de 2018. Os encontros em que ambas as equipes marcaram foram 1/3 dos 106 jogos da Copa Sul-Americana de 2018, enquanto em 2019 esse número subiu para cerca de 40%, registrando-se ainda 42% dos duelos com esse desfecho em 2020.

Mesmo assim, é de antever mais uma edição da Copa Sul-America 2021 em que a competitividade e incerteza nos resultados poderá prevalecer, bem como a coesão e agressividade defensivas. Porém, existem estatísticas que falam por si, e uma delas é sem dúvida o fator casa. Em 2018, mais de 58% dos duelos terminaram com vitórias dos emblemas que jogavam diante de seus torcedores, algo que a nível internacional costuma ser bem patente, ao passo que em 2019 e 2020 houve 50% e 48% de triunfos dos conjuntos locais. Contudo, não tendo havido torcedores nas arquibancadas de boa parte da edição de 2020, essa queda acabou sendo natural, já que o mandante não contava com esse apoio.

Atentemos também na quantidade de gols marcados por mandantes e visitantes. Em 2018, 2019 e 2020, os times mandantes faturaram uma média de 1,41, de 1,32 e de 1,33 gols por partida respetivamente, ao passo que os visitantes atingiram somente médias de 0,7, de 0,8 e de 0,9 golos por jogo. Nova tendência do último número, já que como falamos acima, não havia mais torcedores. Estes números explicam e reforçam muito bem que jogar em casa na Copa Sul-Americana poderá ser fundamental.

Os resultados mais comuns desta competição em 2018 foram o 2-0, 1-0, 0-0 e 1-1 e em 2019 foram exatamente os mesmos, algo que vem de encontro aos parâmetros estatísticos que já referimos: poucos gols e vantagem de jogar localmente. Em 2020, dos 6 resultados mais comuns podemos também verificar que somente um dizia respeito a uma vitória visitante e 3 a triunfos do mandante. A ideia de jogar em casa na Copa Sul-Americana fica aqui bem evidenciada como uma grande vantagem para todos os clubes e com a possibilidade de voltar a haver público nos estádios ganhará ainda mais força, podendo ser decisiva na colocação (ou não) de uma aposta.

Abra a sua conta Librabet: Oferta de 550€!

Copa Sul-Americana: nosso prognóstico grátis para 2021

Já afirmamos que conquistar esta competição é complicado, seja para que emblema sul americano for, sendo extremamente problemático apontar favoritos. Nos últimos 3 anos tivemos um vencedor do Brasil, outro do Equador e outro da Argentina, respetivamente o Atlético Paranaense, o Independiente del Valle e o Defensa y Justicia, que nem são dos conjuntos mais fortes nesta parte do globo terrestre, obviamente.

Com o novo formato da prova, iremos ter 8 equipas provenientes da Libertadores nos oitavos de final, algo que a que os redatores Wincomparator irão estar atentos nesse período da competição. Mas a termos de referir candidatos a boas campanhas, todos os conjuntos do Brasil e todos os da Argentina, até porque em 19 edições houve 13 vencedores destas nacionalidades, poderão manter-se até bem perto da final da Copa Sul Americana 2021!

Até 175€ apostando na Copa Sul-americana!

Copa Sul-americana: as melhores odds para apostar:

wc
Menu
Bônus Casas de Apostas Futebol
18 age icon