PROGNÓSTICOS SEGUNDA LIGA - LEDMAN LIGAPRO


Segunda Liga 2018/2019

Com um nível de competitividade cada vez melhor, a Segunda Liga Portuguesa - ou Ledman LigaPro por questões de patrocínio - será ao longo do ano, uma fonte de ganhos infindável, pois a corrida à subida na Primeira Liga é sempre muito acesa, e o nível das cotas elevado na grande maioria dos jogos. Este ano, com o encurtamento para 18 equipas, o nível competitivo poderá ser ainda mais elevado, e luta pela permanência é feroz. A Segunda Liga 2018/2019 promete ser apaixonante, como sempre!

6ª Jornada - Ledman LigaPro

DATAEQUIPA 11X2EQUIPA 2
06/10COVA DA PIEDADE2BENFICA B

MAFRA1FAMALICÃO

PAÇOS DE FERREIRA1FARENSE

COVILHÃ2PENAFIEL
07/10ACADÊMICAXESTORIL

PORTO B1AROUCA

VARZIM2GUIMARÃES B

LEIXÕES1OLIVEIRENSE

BRAGA BXVISEU

AS EQUIPAS A SEGUIR PARA OS SEUS PROGNÓSTICOS SEGUNDA LIGA

Quais os candidatos ao título?

Nesta Ledman LigaPro 2018/2019 tem algumas equipas com passado recente pela 1ª divisão, como são os casos do Arouca, Académica, e agora também o Paços de Ferreira e Estoril, despromovidos na última edição da Liga NOS. No caso da Académica e Arouca, já no ano passado, discutiram até final os lugares de promoção. A qualidade dos seus planteis era evidente, fruto da sua ambição em retornar ao convívio dos grandes. A ambição dos estudantes foi ainda reforçada para esta temporada, depois do recrutamento do ponta de lança internacional Hugo Almeida, para além de manter jogadores importantes como Zé Castro, Fernando Alexandre, Marinho ou Djoussé.

Também o Arouca é um candidato à subida de divisão, e prova disso são os muitos reforços que chegaram. No entanto, Miguel Leal tem a missão de construir, novamente uma equipa, uma vez que pedras importantes saíram neste defeso. Apenas um ponto de interrogação na troca de jogadores, uma vez que os que saíram eram jogadores com currículo de primeira liga e muito experientes. Miguel Leal precisará de tempo para construir um Arouca forte, e isso poderá "atrapalhar" um pouco as contas.

Também o Paços de Ferreira é outro forte candidato à subida. É claramente uma equipa habituada à primeira divisão, e a sua vontade em regressar, rapidamente, levou a direção a contratar um especialista em subir equipas de divisão - Vítor Oliveira. Também permaneceram boa parte dos jogadores que irão conferir qualidade e experiência acima da média.  

Por fim, e não menos candidato, o Estoril que também chega da Liga NOS e manteve importantes jogadores como Dankler, João Góis, Gonçalo Santos, João Patrão ou o ponta de lança Kléber. Apenas a maior dúvida reside no comando técnico, onde ao contrário do Paços de Ferreira, apostou na juventude de um talentoso treinador, também ele "especialista" em subir equipas de divisão, mas ainda com uma carreira muito curta. A manter estes jogadores, não será por falta de qualidade do plantel que o Estoril não possa regressar ao convívios dos grandes.

Quem poderá subir?

Depois de conhecer os principais candidatos ao título, o desafio está em descobrir quem se irá intrometer pela luta, ou se preferir, quem são os outsiders, nesta Segunda Liga Portuguesa? O Académico de Viseu lutou, na época passada, praticamente até às últimas jornadas. Com um treinador carismático e respeitado na 1ª divisão, este desafio do Académico torna-se mais realista. Não tem um plantel tão forte quanto os principais candidatos ao título, mas com Manuel Cajuda ao leme, e com o Estádio do Fontelo como um dos campos difíceis para todos os adversários, o Académico de Viseu tentará intrometer-se na luta pela subida de divisão.

Outro clube que se reforço bem e aposta em Sérgio Vieira para tentar fazer uma época a apontar aos lugares cimeiros, é o Famalicão. Mesmo não sendo um dos clubes favoritos, pela maior parte dos especialistas, a verdade é que poderá ser uma boa surpresa. Um clube que já esteve na 1ª divisão, tem cimentado a sua posição na 2ª liga, e está tendo um crescimento sustentado e poderá ser este o ano para uma época mais consistente e a olhar para cima. Também o Leixões se reforçou bastante, com o objetivo de entrar nessa luta. O clube de Matosinhos é um histórico do futebol Português e todos os anos entra com a missão de devolver o clube aos principais palcos do futebol Português. António Gouveia é o homem do leme, e já passou por clubes como a Académica, Santa Clara ou Covilhã. Experiência não falta, e num clube com os pergaminhos do Leixões é inevitável tentar lutar pela subida de divisão, apesar de partir numa 2ª linha, mesmo atrás do Académico de Viseu e Famalicão.

Prognósticos: disputarão a permanência

Demasiado previsível?

O Mafra subiu à Ledman LigaPro fazendo história, mas um dos responsáveis pelo sucesso do clube (Luís Freire) abraçou um novo projeto, e atendendo ao orçamento e plantel disponível, será difícil lutar por algo mais que a permanência. Outro dos promovidos foi o histórico Farense que fez uma recuperação fantásticas desde divisões inferiores, e chegado à 2ª liga, o objetivo, para esta primeira época será cimentar-se nesta divisão, para dentro de alguns anos poder estar de regresso ao seu lugar habitual, entre os grandes do futebol português. Assim, nesta época lutará pela manutenção, assim como o Sporting de Covilhã, Oliveirense.

Uma última nota para as equipas "B" as quais não é fácil antever as suas épocas devido à forte flutuação dos seus plantéis, como equipas de apoio à equipa principal. Não podem subir de divisão, se bem que são capazes de ser das melhores equipas, como facilmente lutam pela manutenção. No entanto, contam quase sempre com jogadores de inegável qualidade, seja da formação da equipa principal, ou mesmo como promessas que aguardam entrada nas equipas "A". Por toda estas incertezas ficam de fora as equipas B desta avaliação.

As estatísticas para apostar na Segunga Liga

A Ledman LigaPro tem sido um campeonato fértil em golos e onde a competitividade é elevada. Quase todos os anos temos vários candidatos à subida, bem como a lutar pela permanência. Os dois primeiros classificados garantem a subida de divisão, com exceção das equipas B, enquanto os últimos três classificados descem à divisão imediatamente inferior. Uma liga que pelo seu nível competitivo tem sido uma boa escolha para muitos apostadores.

Na temporada transacta marcaram-se um total de 947 golos, o que dá uma média de 2.49 golos por jogo. A percentagem do golo de ambas equipas atingiu os 51%. 
As equipas da casa venceram apenas 46% dos jogos, pelo que em 54% dos jogos, a equipa conseguiu pontuar.

Destaque para a tendência das equipas bês por protagonizarem jogos férteis em golos, e sobretudo no mercado de ambas marcam, como no caso do Benfica que atingiu os 58%. Melhor apenas o Leixões com uma percentagem de 61%. As equipas "B" de Benfica e FC Porto foram as equipas que mais golos sofreram, e que se mantêm nesta edição da Ledman LigaPro. Os encarnados sofreram 60 golos, enquanto os azuis e brancos concederam 55 golos.

Estes foram os factos principais da edição 2017-2018 da Ledman LigaPro, uma competição que poderá trazer boas oportunidades aos apostadores, sobretudo no mercado de golos. Com a redução para 18 equipas na Segunda Liga 2018/2019, e com menor desgaste, esta edição poderá ainda ser mais propícia para golos.


TABELA
General Casa Fora
# Equipas PJ V E D GM GS PJ V E D GM GS PJ V E D GM GS Df Pts
1 Paços de Ferreira Paços de Ferreira 6 5 0 1 9 2 4 3 0 1 7 2 2 2 0 0 2 0 7 15
2 Benfica B Benfica B 6 4 2 0 7 3 3 3 0 0 4 1 3 1 2 0 3 2 4 14
3 Estoril Estoril 7 4 1 2 20 10 4 1 1 2 8 8 3 3 0 0 12 2 10 13
4 FC Famalicão FC Famalicão 6 4 1 1 11 6 2 2 0 0 4 0 4 2 1 1 7 6 5 13
5 CD Mafra CD Mafra 6 3 2 1 9 4 3 1 2 0 4 2 3 2 0 1 5 2 5 11
6 Leixões SC Leixões SC 6 3 1 2 8 6 3 1 1 1 3 3 3 2 0 1 5 3 2 10
7 Penafiel Penafiel 6 2 2 2 6 4 3 1 1 1 3 2 3 1 1 1 3 2 2 8
8 Academico Viseu Academico Viseu 6 2 1 3 10 11 3 2 0 1 9 7 3 0 1 2 1 4 -1 7
9 Varzim SC Varzim SC 7 2 1 4 7 8 4 1 0 3 4 5 3 1 1 1 3 3 -1 7
10 Farense Farense 6 2 1 3 5 6 3 1 1 1 1 2 3 1 0 2 4 4 -1 7
11 SC Braga B SC Braga B 6 2 1 3 4 6 3 1 0 2 2 4 3 1 1 1 2 2 -2 7
12 Vitória SC B Vitória SC B 6 2 1 3 4 7 3 0 1 2 0 3 3 2 0 1 4 4 -3 7
13 Arouca Arouca 6 2 0 4 6 10 2 0 0 2 1 4 4 2 0 2 5 6 -4 6
13 Académica de Coimbra Académica de Coimbra 6 1 3 2 6 10 3 0 1 2 3 9 3 1 2 0 3 1 -4 6
15 CD Cova Piedade CD Cova Piedade 6 1 3 2 4 9 3 0 1 2 2 8 3 1 2 0 2 1 -5 6
16 Oliveirense Oliveirense 6 0 5 1 6 8 3 0 3 0 3 3 3 0 2 1 3 5 -2 5
17 Sporting Covilha Sporting Covilha 6 1 2 3 6 10 3 0 2 1 1 2 3 1 0 2 5 8 -4 5
18 Porto B Porto B 6 1 1 4 4 12 3 1 0 2 3 5 3 0 1 2 1 7 -8 4