PROGNÓSTICOS EREDIVISE


Prognósticos Eredivisie 2018/2019

Um pouco à semelhança do que tem acontecido com a sua selecção, o futebol holandês está a reinventar-se e conta esta época com um Ajax e um PSV Eindhoven com plantéis reforçados e ambiciosos, capaz até de impressionar no Velho Continente. De resto, a Eredivisie continua a ser um campeonato virado para o espectáculo, com o futebol de ataque a ser a prioridade.

As equipas a seguir para os seus prognósticos Eredivise

Ajax: ambição com reforços de luxo

Apostas Eredivise - Ajax

O Ajax viu o rival PSV Eindhoven sagrar-se campeão em 2017/18 e decidiu reforçar-se a preceito para atacar a nova temporada. Orientado desde Dezembro de 2017 por Erik ten Hag, o emblema de Amesterdão assegurou jogadores que melhoraram a qualidade do seu futebol, algo que ficou evidente há bem pouco tempo em Munique, para a Liga dos Campeões, onde o Ajax empatou a um golo com o todo-poderoso Bayern - os holandeses lideram mesmo o grupo, à frente dos germânicos e do Benfica, que é terceiro colocado. Daley Blind, international holandês recrutado ao Manchester United, Dusan Tadic, internacional sérvio ex-Southampton, ou Zakaria Labyad, antigo jogador do Sporting, que foi na época passada uma das figuras da Eredivisie, ao serviço do Utrecht, foram alguns dos reforços garantidos pelo Ajax, juntando-se a elementos como De Ligt, já titular da Laranja Mecânica e um dos futebolistas mais promissores do Velho Continente. O clube de Amesterdão é mesmo o principal candidato ao título, surgindo com uma odd de 2.00 na Betworld.

PSV Eindhoven: candidato como sempre

Apostas Eredivise - PSV Eindhoven

Campeão em título, o PSV Eindhoven é o outro candidato. Depois de ter visto partir Philip Cocu para o Fenerbahçe, a equipa de Eindhoven apostou em Marc van Bommel, antigo futebolista internacional da Laranja Mecânica que passou os últimos anos como adjunto do sogro, o conceituado Bert van marwijk. Contando com vários executantes de qualidade, em particular no último terço do terreno - o holandês Luuk de Jong ou o mexicano Hirving Lozano são os melhores exemplos -, o PSV irá lutar taco-a-taco com o Ajax. Até ao momento, cumpridas oito jornadas, o domínio tem sido precisamente do emblema de Eindhoven, com um pleno de vitórias e 24 pontos, mais cinco do que o rival de Amesterdão. Manter esta consistência será o desafio dos comandados de Van Bommel, que na Europa caíram no grupo da morte - Barcelona, Inter de Milão e Tottenham - e dificilmente evitarão a saída de cena no final da fase de grupos da Liga dos Campeões. O que, contudo, poderá ser um trunfo na Eredivisie… A odd para o PSV se sagrar novamente campeão é de 2.37 na 22Bet.

Feyenoord, AZ, Vitesse, Utrecht e o surpreendente Heracles

Apostas Eredivise - Feyenoord Van Persie

Tradicionalmente uma das três forças do futebol do país das tulipas, o Feyenoord foi campeão em 2016/17, mas na época passada ficou aquém das expectativas e esta época parece novamente fora da corrida pelo título. Ainda assim, o emblema de Roterdão irá seguramente dar que fazer a Ajax e PSV Eindhoven. Aliás, a temporada oficial na Holanda começou com um triunfo do Feyenoord, que se impôs na Supertaça ao PSV Eindhoven, no desempate por grandes penalidades, depois de um empate a zero. E um dos seus trunfos é o facto de se poder concentrar totalmente nas competições internas, uma vez que já foi eliminado das provas europeias, tendo perdido nas eliminatórias da Liga Europa.

Depois do razoável décimo lugar da campanha passada, o Heracles tem protagonizado um surpreendente início de temporada, ocupando o quarto lugar e assumindo a candidatura a uma vaga nas competições da UEFA. Orientado pelo experiente técnico alemão Frank Wormuth, o emblema de Almelo quer vincar a sua posição no futebol holandês e até ao momento é a equipa-sensação da Eredivisie, à frente de clubes como AZ Alkmaar, Vitesse - este potenciado pela parceria com o Chelsea -, ou Utrecht, cuja relevância é tradicional e consequente no desporto-rei do país das tulipas. Recorde-se que na Holanda o terceiro colocado tem presença assegurada na Liga Europa, sendo a outra vaga decidida através de um play-off em que participam as equipas colocadas entre o quarto e o sétimo posto.

Prognósticos Eredivisie: disputarão a permanência

Apostas Eredivise - Breda

A luta pela permanência promete ser feroz na Eredivisie, sendo que apenas o último classificado desce automaticamente de divisão. Os outros dois clubes relegados serão definidos através de um play-off disputado pelo penúltimo e antepenúltimo da Eredivisie e por emblemas da segunda liga. À partida, o Fortuna Sittard, o Emmen e o NAC Breda estarão envolvidos nesta luta, tentando até ao fim evitar o último lugar e garantir pelo menos a participação no play-off.

O Fortuna Sittard, que surpreendeu tudo e todos na época passada, sagrando-se campeão da segunda divisão, então às ordens do português Cláudio Braga, actual treinador do Marítimo, conta no seu plantel com alguns futebolistas lusos, como André Vidigal, Mica Pinto ou Lisandro Semedo. Este último foi mesmo uma das figuras do conjunto de Sittard na temporada anterior, com 15 golos em 40 partidas.

As estatísticas para apostar na Eredivisie

Apostas Eredivise - AZ Alkmaar

A Eredivisie já é, por si, um campeonato algo anárquico, com prioridade para o futebol de ataque. E com equipas como Ajax, PSV ou Feyenoord a contarem com elementos de grande qualidade nos seus sectores ofensivos, esta tendência vinca-se ainda mais. Na época passada, o campeonato da Holanda teve quase mil golos - exactamente 988. Uma média de 3,17 por jogo, com o Ajax a ter o melhor ataque da competição (89 golos), seguido do campeão PSV, com apenas menos dois (87). E, olhando ao potencial ofensivo dos dois conjuntos, sobretudo do emblema de Amesterdão, reforçado com um craque como Tadic, acreditamos que estes números até poderão subir. Assim, um dos mercados mais interessantes na Eredivisie é a aposta em mais de 2,5 golos, até porque praticamente todas as equipas entram em campo sem grandes preocupações defensivas.

Outro mercado que se revela particularmente lucrativo na Eredivisie é apostar em ambas as equipas a marcar. Na última edição do campeonato holandês, considerando os 328 encontros da competição - fase regular de 34 jornadas (todos contra todos a duas voltas) mais os play-off (de apuramento para a Liga Europa e também de descida/subida) -, as duas equipas marcaram em 203. O que significa que em quase 62% dos jogos houve golos para os dois lados. Algo que se explica facilmente pelo já mencionado futebol ofensivo que é característico de praticamente todas as equipas que disputaram o principal campeonato do país das tulipas e também por algumas limitações defensivas. Das 18 formações que participaram na Eredivisie em 2017/18 duas em particular tiveram golos para ambos os lados nos seus jogos: o Heracles (73% das partidas) e o Utrecht (71%).